GERAL

Chevrolet Cruze Sport 6 RS, a opção dos que amam esportivos

Publicada em 08/08/22 às 09:42h - 234 visualizações

por Arnaldo Moreira


Compartilhe
Compartilhar a notícia Chevrolet Cruze Sport 6 RS, a opção dos que amam esportivos  Compartilhar a notícia Chevrolet Cruze Sport 6 RS, a opção dos que amam esportivos  Compartilhar a notícia Chevrolet Cruze Sport 6 RS, a opção dos que amam esportivos

Link da Notícia:

Chevrolet Cruze Sport 6 RS, a opção dos que amam esportivos
 (Foto: Arnaldo Moreira)

Chevrolet Sport 6 RS 1.4 turbo, foi o esportivo de 153 cv que recebi para teste de avaliação e devolvi uma semana depois com muita pena. O design do RS é atraente e se parece muito com um carro que tive há uns anos, esportivo, que primava pelo conforto, desempenho e diribilidade super agradável, tudo o que achei no RS, agora com mais tecnologia e potência. É justo assinalar que as retomadas de velocidade não deixam a desejar em nenhuma situação, como retomadas e arrancadas.


O teste de avaliação aconteceu em meio ao clima das festas de São João, na casa de um amigo em Mangaratiba, a 115 km do Rio de Janeiro, na região da Costa Verde. Tanto na estrada quanto na cidade, o Cruze RS se mostrou um carro eficiente. Custa a partir de R$ 160.990.

O Cruze é, sim, uma opção para quem gosta e deseja um carro esportivo, econômico, confortável e potente e familiar, com um excelente pacote de opcionais de série e um bom custo-benefício.


Diante de diversos episódios de esquecimento de seus filhos, bebês, pelos pais no banco traseiro dos carros, a Chevrolet inseriu nos seus carros, incluindo o Cruze, um aviso: Lembrete de assentos traseiros/Verifique os assentos traseiros, no cluster do computador de bordo, assim que o motor é desligado. 


O sistema também informa se o motorista sai do veículo sem levar o controle remoto.

A dirigibilidade é gostosa, tranquila e segura na estrada e casa com o excelente desempenho e o conforto dos aconchegantes bancos em couro. O silêncio no habitáculo é perfeito graças ao bom isolamento acústico e o sistema multimídia com tela de 8", amigável, com wi-fi nativo, além do ON STAR um assistente de informação e segurança na viagem que ajuda a obter informações relativas ao trecho percorrido.  


Segurança, assim como a estabilidade, é um item importantíssimo na aquisição de um veículo. O Chevrolet Sport 6 RS atende a esses dois quesitos com eficiência. Vem de fábrica com seis airbags - dois frontais, dois laterais e dois de cortina -, controle eletrônico de estabilidade e controle de tração, a suspensão - independente do tipo McPherson, com barra estabilizadora ligada a hastes tensoras e molas helicoidais com carga, na dianteira, e do tipo eixo de torção, semi-independente e molas helicoidais - constante elástica linear, na traseira - que absorve bem as irregularidades do piso. A suspensão e a direção elétrica receberam ajustes que tornaram a direção mais firme, em relação a outras versões. 

O Cruze RS, que é fabricado na Argentina, é na verdade um dos poucos hatchs esportivos médios na galáxia de SUVs que invadiu as cidades. Tem um design que chama a atenção por onde passa pelas linhas arrojadas. 



A grade frontal com novo desenho, com aletas largas em V, decoradas com detalhes em cromo escurecido e a logomarca RS, o conjunto ótico com faróis em LED escurecidos e faróis de novoeiro decorando as arestas do novo para-choques.



O design privilegia também e de forma sensível a lateral do RS, com suas linhas equilibradas que reforçam a esportividade do carro. As rodas de 17" de liga leve, diamantadas, com pneus 215/50 tornam a lateral mais atraente.



Na traseira está bem marcada a esportividade do RS, sua inclinação encimada pelo aerofólio, as lanternas com um belo desenho em LED e a larga e esportiva saída de escape. 



O Cruse RS tem 4,448 m de comprimento, 2,042 m de largura, incluindo os retrovisores, 1,484 m de altura e 2,7 m entre-eixos, medida que beneficia o espaço para os ocupantes. O tanque é de 52 l.



O porta-malas é de 290 l, que sobe para 380 l com a retirada da cobertura do porta-malas e para 500 l com o banco traseiro rebatido.



Sob o capô do RS repousa um propulsor de 4 cilindros e 153 cv, a 5.200 rpm, abastecido com etanol e 150 cv usando gasolina, a 5.600 rpm, e de 1.338 cc, 1.4 turbo, flex, de 16 V, com injeção elétrica e controle eletrônico de aceleração, acoplado ao câmbio de automático de seis velocidades. Este motor, que me atrevo a afirmar que tem uma mecânica impecável, desenvolve 24,5 kgfm de torque, a 2.100 rpm abastecido com etanol e 24 kgfm a 2.000 rpm, com gasolina. 



O RS tem consumo de 7,6 km/l com etanol e 9,6 km/l na estrada, valores que sobem para 11,1 kml com gasolina e 13,9 km, na estrada. A velocidade máxima é de 214 km/h e o motor acorda do repouso ao pisar fundo o acelerador levando apenas 9s para o RS ir de 0 a 100 km/h, não tendo nenhuma dificuldade para mover os 1.336 kg do peso do carro.

O interior tem um ambiente nobre, aconchegante, agradável, personificado na forração das laterais de plásticos de boa qualidade e dos bancos em couro tipo premium.



O toque fica por conta do teto solar que além de permitir a circulação de ar, aumenta a luminosidade no habitáculo.



O sistema de multimídia é eficiente e muito amigável com uma tela LCD, sensível ao roque, de 8", com inegração com smartphone através de Android Auto e Apple Car Play, entrada de USB, funcção áudio streaming, conexão Bluetooph para celular e configurações do veículo. Tem "Wi-Fi” embarcado no veículo, com sinal de até 12x mais intensidade e conecta até 7 dispositivos eletrônicos simultaneamente. Sinal disponível até 15 metros de distância do veículo. Pacote de Internet pago à parte fornecido pela operadora Claro S.A., cujos valores e condições de pagamento estão disponíveis no website.



Para realizar uma viagem de carro agradável é imprescindível que ele tenha espaço para acomodar com conforto os passageiros. Nos bancos da frente tanto o espaço quanto o comodidade são bons. Só o banco do motorista possui apoio de braço. Tem também regulagem do banco do motorista.


No banco traseiro, os assentos são muito confortáveis e quando baixado o encosto do assento do meio transforma-se num porta-copos e apoio de braço. É correto afirmar que no banco traseiro viajam bem dois adultos, e o passageiro do meio, como na maioria esmagadora dos modelos e marcas, sempre fica menos confortável. 



O volante, com ajustes de altura e profundidade, forrado de couro, conta com controles de piloto automático, de um lado e controles de viva-voz, rádio e som, do outro. Na frente, o painel de instrumentos é de fácil leitura do velocímetro e do conta-giros analógico, e conta com o cluster de 5" do computador de bordo que oferece informações e dados sobre autonomia, velocidade média.

Versões e preços a partir de:

Cruze ------ R$ 142.350,00
Cruze RS - R$ 160.990,00
 

Opinião
Como já referi, o RS é praticamente, senão o único carro, que hoje atende aos consumidores que gostam de modelo esportivo. Pessoalmente, tenho uma predileção especial por esse tipo de carro, embora goste também dos SUVs. Me diverti muito dirigindo durante uma semana o Cruze RS que deixou saudade ao devolvê-lo à Chevrolet. 

É excelente na cidade e muito melhor na estrada. Conforto e desepenho não lhe faltam, ainda assim, senti falta de três itens que a montadora, quem sabe, no próximo modelo instalará no RS: os paddle shift, que ficaria perfeito para troca de marchas manualmente, o que pode ser feito na própria manopla de câmbio; freio de estacionamento elétrico e apoio de braço para o banco do carona. 
Sugiro a realização de um test-drive.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79)9 91615033

Visitas: 1112516
Usuários Online: 87
Copyright (c) 2022 - Rádio Boas Novas Aracaju - Rua Simão Dias,209 - S/01 Centro - Aracaju/Sergipe/Brasil. - Fone:(79) 9 9979-7974 / 9 9974-1811 - Whatsapp (79) 9 9161-5033