Quinta-feira, 06 de Agosto de 2020
Artigos

JABES NOGUEIRA: APÓSTOLO DA CONTEMPORANEIDADE (BATISTAS EM SERGIPE 1)

Artigo da jornalista e escritora Sandra Natividade

Publicada em 11/07/20 às 09:48h - 494 visualizações

por Sandra Natividade


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Pastor Jabes Nogueira  (Foto: Divulgação / Portal de Notícias/Viaje Sergipe)

Neste 2020 ano em que a centenária denominação Batista em Sergipe completa 107 anos de existência, quarenta e três deles são contados com a presença do intimorato pastor Jabes Nogueira entre nós. Impossível contar a história denominacional sem citar esse nome, fato natural pelo seu comprometimento com a promoção do reino de Deus nesta terra de fartos cajueiros. O apóstolo Paulo escrevendo a Timóteo exorta à pregação da palavra de Deus:  “prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino” II Tm. 4.2. O texto de Paulo, se aplica a trajetória altruísta palmilhada pelo bom Jabes. Alguns remanescentes lembram-se perfeitamente de sua posse no pastorado da Primeira Igreja Batista de Aracaju em 13 de janeiro de 1965, convidado que fora pelo doutor Edward Bruce Trott, de saudosa memória, este missionário norte-americano da então Junta de Richmond respondendo naquele período pelo campo sergipano; na ocasião de sua posse na mais antiga igreja batista do Estado, ministrou a mensagem de Deus o pastor Gerson Vilas-Bôas, contemporâneo de Nogueira no Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil - STBNB, à época Vilas-Bôas pastoreava a Segunda Igreja Batista de Aracaju e a denominação em Sergipe tinha pouco mais de 51 anos de organização. Jabes sem qualquer pretensão escreveu sua história não com tinta, pois não estava preocupado com isto, mas na memória dos batistas sergipanos e porque não dizer dos evangélicos no Estado.

 A preocupação em subsidiar a história é de quem quer ver anais compromissados com fatos reais e vidas que escreverão uma galeria, mostrando trabalho em prol da verdade que liberta o homem para existência abundante com o seu Deus, portanto a preocupação é nossa que estamos vivenciando a saga de homens e mulheres de Deus na seara que ainda persiste grande. Os pósteros, conhecerão a história de Jabes Nogueira um gigante na ministração e propagação do evangelho em Sergipe. Nogueira descende de uma prole de onze irmãos, filho de Apolônio de Seixas Nogueira e Raimunda Rodrigues Nogueira, nasceu na cidade de Corrente extremo sul do Piauí no dia 8 de janeiro de 1937. Na primeira e única igreja que pastoreou oficialmente em Aracaju por 43 anos ininterruptos, o abnegado e destemido pastor trabalhou diuturnamente com dedicação exclusiva, a igreja cresceu dos 176 membros iniciais que declara ter encontrado, ao aposentar-se, os registros da igreja apresentavam 1.300 membros. Do casamento que já completou Bodas de Ouro com Idéa Cervino Nogueira, nasceram: Emília, Jabes, Jáder e Apolônio Neto, família abençoada e abençoadora. Trabalhar de forma coesa com líderes compromissados no serviço cristão fez diferença em tudo, um bem elaborado organograma indicava as áreas contempladas como também as derivadas na gestão do laborioso ministro do evangelho: educação religiosa, finanças, ação social, departamentos, ministérios funcionando harmonicamente e dezesseis igrejas organizadas sendo dez na capital e seis no interior, além de treze prosperas congregações. (O ESPLENDOR DA CAMINHADA, p. 13, 2013).

Jabes Nogueira era incansável quando começou seu ministério, diariamente se deslocava a pé, não possuía transporte próprio, então saia - ia visitar os irmãos da igreja - ao final do expediente, encontravam-no com sapatos empoeirados, no inverno, a situação se invertia os calçados se apresentavam enlameados denotando extensa caminhada pelos bairros de Aracaju. Na denominação pastor Jabes exerceu vários cargos: presidente da Convenção Batista Sergipana por 10 mandatos (é seu presidente emérito), vice-presidente da Convenção Batista Brasileira, membro da: Comissão Predial Batista, Junta de Missões Nacionais e Junta Administrativa do STBNB. Recebeu várias Comendas entre elas: Títulos de Cidadão Sergipano, Cidadão Aracajuano e Oficial da Ordem do Mérito Aperipê. Foi, portanto pastor Jabes Nogueira o homem preparado por Deus com as armaduras e couraças para servir a PIB de Aracaju por pouco mais de quatro décadas.  Ao aposentar-se deixou uma igreja forte vista pela sociedade como integra que propaga a sã doutrina. Jabes, por mim designado o apóstolo da contemporaneidade, exercitou um ministério profícuo, vive e pode continuar parafraseando Timóteo: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé” II Tm. 4.7. Uma enfermidade marcada por atroz aneurisma, paulatinamente minou sua saúde. Em 2008 entregou o cajado ao pastor Paulo Sérgio dos Santos, ministro que desde, então faz seu trajeto com a PIB de Aracaju. Acertadamente a igreja num gesto de reconhecimento elegeu pastor Jabes com o título de Pastor Emérito. A presença do líder octogenário é vista e estimada por todos, tem lugar de destaque no coração dos que fazem a denominação no estado de Sergipe.


Sandra Natividade é jornalista, escritora e membro da Primeira Igreja Batista de Aracaju - `PIBAJU.

08julho2020.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

4 comentários


Almira de Almeida Santos

20/07/2020 - 09:37:42

Parabenizo a Jornalista Sandra Natividade pelo merecido trabalho na divulgação da história do Pastor Jabes Nogueira que Deus continue abençoando


Wilza Vieira Santos

18/07/2020 - 21:16:22

Parabéns a Jornalista e Escritora Sandra Natividade, pelo seu lindo trabalho de escrever a história do Pastor Jabes Nogueira, homem de Deus abençoado. Deus abençoe.


Ana Regia

17/07/2020 - 14:46:04

Parabéns a Jornalista e Escritora Sandra Natividade pela inspiração em escrever a vida do Pr. Jarbes Nogueira o qual escolhido por Deus por estar a frente da Primeira Igreja Batista de Aracaju.


Rosinalva Santos Silva

13/07/2020 - 07:35:03

Grande e inspiradora jornalista Sandra Natividade. Parabéns pelo seu trabalho profícuo na divulgação da historicidade dos Batistas Sergipanos. Grande matéria porque retrata a vida de um grande homem de Deus, valoroso e fiel. Pastor Jabes foi o meu Pastor na época da juventude. Me batizou, casou e continua sendo essa benção, não só para mim, mas para todos os Batistas Sergipanos. Parabéns meu Pastor. Deus te guarde e te guie sempre. A Deus, toda honra, toda glória e todo louvor. 6h


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (79)9 9161-5033

Visitas: 563734
Usuários Online: 119
Copyright (c) 2020 - Rádio Boas Novas Aracaju - Av. Senador Júlio César Leite, 1445 – Edf. Jardins – S/304 – Bairro Aeroporto / CEP: 49037-580 Aracaju/Sergipe/Brasil - Fone: (79) 99979-7974 - 99974-1811 - 99161-5033 - nairson.turismo@gmail.com